Quando a realidade parece ficção é hora de fazer documentário!

Contra as pobrezas, agir juntos

1617 – Onde tudo começou...
No ano de 2017 celebra-se os 400 Anos do Carisma de São Vicente de Paulo. Tudo começou em 1617, em Folleville e Châtillon na França onde Vicente de Paulo começa, efetivamente, o Serviço e a Evangelização dos Pobres.
Foi nessa ocasião que ele, deparando-se com a pobreza e a miséria, com a graça de Deus, tomou a decisão e, firmando-se nela, começou seu itinerário espiritual. Demarcou limite – “os Pobres passam fome e se condenam”.
“Os Pobres passam fome...”. Quando uma pessoa passa fome é preciso dar-lhe de comer. Nesse caso, não se pode esperar. Não é uma questão a resolver a médio ou longo prazo. É preciso agir de imediato e com urgência. Abriram-se lhe os olhos... Ele viu a extrema degradação do ser humano. Viu a tamanha falta de dignidade imputada a uma grande parcela daqueles que foram “criados à imagem e semelhança de Deus”. Não cria nada de novo além daquilo que Deus, desde todo o sempre, insistiu no seu Plano de Salvação e, fundamentando-se na Palavra de Deus, prioriza o essencial do Projeto de Deus que é a vivência do amor até às últimas consequências, a entrega àquilo que é a essência de Deus: a Caridade.
“Os Pobres se condenam...”. As pessoas, na época de Vicente de Paulo, não tinham acesso às mínimas possibilidades de conhecimento em quase todas as dimensões humanas. Socialmente dominadas, culturalmente ignoradas, canonicamente excluídas, religiosamente desprezadas...
Os Pobres, naquela fase da história humana, nem eram considerados como pessoas humanas pelas elites e pelas classes dominantes, ou quanto muito, eram consideradas apenas como gente de segunda categoria...
Vicente de Paulo percebe que era preciso “instruir o povo”, fazê-lo sabedor de sua dignidade, mudá-lo para patamares mais elevados enquanto ser humano e ensinar-lhes as verdades do Projeto de Deus.
Para celebrar o 400º Aniversário do nascimento do Carisma Vicentino, somos convidados a conhecer melhor a Espiritualidade Vicentina para poder fazer mais pelos mais Pobres. Como Família Vicentina sabemos que podemos fazer mais! Por isso, em unidade e configurados ao redor de um mesmo objetivo de vida, “Contra as pobrezas, agir juntos”.

Livro: Contra as pobrezas, agir juntos
Autor: Mizael Donizetti Poggioli
Coleção Vicentina: N° 56
Páginas: 142



10 comentários:

Unknown disse...

Gostaria de adquirir um

Unknown disse...

Gostaria de adquirir um

Cristofer disse...

Boa, tarde gostaria de comprar 20 livros para o Conselho particular de Campos do Jordao

Nossa Regão, Nosso bairro, Nossa Cara disse...

Gostaria de saber o valor de cada livro e como faço para adquirir.

Anônimo disse...

Bom dia Mizael.Como faço para adquirir o livro"Contra as Pobrezas, Agir juntos."

Antoninaabreu@bol.com.br

Unknown disse...

Obrigado por nos iluminar com suas obras e nos fazer refletir sobre qual maneira devemos servir e amar a Deus.

Unknown disse...

COMO FAÇO PARA ADQUIRIR ESSE LIVRO.fAÇO PARTE DOS VICENTINOS DA CIDADE DE jAGUARIUNA sp.

Unknown disse...

Boa Noite! Mizael.Como nossa conferência pode adquirir o livro"Contra as Pobrezas, Agir juntos."?

csf.saomiguel@gmail.com

Isabel Cristina disse...

Contra as pobrezas, agir juntos!

Oi Mizael, eu sou Isabel Cristina, sou vicentina e membro da Conferência São Francisco de Assis, da Paróquia São João Paulo II, cidade de Águas Claras, Distrito Federal.
Nossa presidente se chama Karla Leal, nosso pároco é Pe Batalha.

Iniciei recentemente fazendo Podcast, e estou com um canal no Spotify: Minha missão é evangelizar - Isabel Cristina.
Faço mensagem de fé diariamente, refletindo o Evangelho do dia.

Ao adquirir este seu exemplar, após lê, tive o desejo de planejar e executar se for da vontade de Deus, um Podcast com o conteúdo do seu livro em vários episódios, claro que divulgando o nome do livro e autor.
Mas achei por bem conseguir me comunicar com você primeiro para pedir a sua autorização.

Gostaria de obter uma resposta da sua parte, autorizando ou não, em usar o conteúdo do seu livro inclusive a arte de capa.

Grata Isabel

Isabel Cristina disse...

Enviei um e-mail para seu endereço,mas acredito que você não chegou a ver.
Aguardo um retorno.

Meu e-mail: ic02.cristo@gmail.com